Não há vitórias sem saber perder

Já fiz questão que o Sporting tivesse capacidade para discutir títulos: gosto de uma rivalidade verdadeira, com galhardia e respeito. Benfica e Sporting sempre foram esse tipo de rivais. Com o Porto, culminando no Apito Dourado, foi sempre um espécie de luta de bem contra o mal, demasiadas vezes acabando mal.

Serve isto para dizer que com a atitude Orwelliana que reina em Alvalade já não faço grande questão que tenham capacidade de ganhar mas não deixo de reflectir que um clube só consegue ganhar quando sabe perder. O Sporting ainda pode ser campeão mas comporta-se como se já tivesse perdido um campeonato que julgava ter ganho, por decreto, ainda a época não tinha começado.

Após o Apito Dourado, fiquei irritado com duas decisões que tiraram campeonatos: o famoso penalty de Yebda no Dragão e o não menos famoso fora de jogo de Maicon na Luz. Dois erros incríveis, dois campeonatos que rumaram ao Porto. Nesses anos recusei-me a afinar pelo diapasão do roubo de igreja e sempre tentei que à minha volta os Benfiquistas vissem que havia claros défices competitivos que, provavelmente, acabariam sempre por nos fazer perder.

É bastante claro que o Benfica recomeçou a ganhar quando percebeu que no rescaldo do Apito Dourado a desculpa das arbitragens era apenas um truque de preguiça para evitar reformas internas. Quanto a mim é neste erro que o Sporting cai atualmente e não lamento especialmente - trinca-bolotas a propagarem a novilíngua não me merecem grande simpatia.

Estou bastante farto de ouvir choros que também ouvia no Benfica. O Benfica tem menos penáltis contra? Não me parece nada esquisito, é uma das equipas mais fortes do campeonato e ao mesmo tempo uma das mais macias a defender, porque haveria de fazer mais faltas dentro de área? Seria esquisito. Da mesma forma que não me parece esquisito que o Sporting seja a equipa com mais pontos garantidos no período de descontos. Se das equipas mais fortes é a equipa cujas vitórias mais vezes foram pela margem mínima, porque não podia essa vantagem surgir mais vezes em tempo de compensação? Da mesma forma que não me surpreende o Sporting ser a equipa com mais penalties a favor. Jesus gosta muito de jogar com a bola na área contrária, já era assim no Benfica, e estando a maior parte do tempo a atacar é natural que surjam mais faltas nessa zona.

Mas por mim podem continuar. É bastante satisfatório ver comportamentos de que me envergonhava no Benfica serem praticados agora no Sporting. Enquanto se convencerem que campeonatos se ganham por decreto, hão-de passar muito tempo à espera de os ver em Diário da República...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *